Resenha – Fator Nerd: Contatos Imediatos do 1º Amor

Romance Infanto-juvenil. Esse é um dos livros infanto-juvenis mais engraçados e divertidos que já li nos últimos tempos. Andy Robb conseguiu abordar os problemas na adolescência de um garoto nerd de uma forma muito engraçada e com uma história envolvente.

5estrelas

No universo dos RPGs, Archie é um Mago Nível 5. No mundo real, seu Fator Nerd é 100% … e seus problemas são um pouco mais complicados do que invocar mortos-vivos ou gerir demônios. Sem nenhum livro de regras para navegar pelos grandes desafios da vida – os pais em guerra, um padrasto imbecil, os valentões da escola – ele está à beira do colapso. Mas uma bela gótica abala suas certezas nerds. E apesar de nunca ter chegado perto de uma garota (a não ser que você considere as miniaturas de guerreiras élficas que ele pinta para seus jogos), Archie embarca em uma busca para ganhar seu coração.

Audaciosamente indo aonde nenhum homem jamais esteve. Principalmente se o terreno inexplorado for a linda gótica transferida para a escola de Archie. Aos 14 anos, tudo o que esse nerd assumido quer é transcender. Leia-se abandonar as sextas-feiras perdidas em Noites de Jogo com os amigos Ravi, Beggs e Matt e se entregar aos prazeres mais mundanos com Sarah.

Mas há alguns orcs o separando de seu Um Anel. E, pelo visto, nenhum inseto radioativo está disponível para transformá-lo num super-herói. Arch pode contar apenas com seu MI e seu ME. O problema é que seu Monólogo Interior é seu maior crítico, enquanto seu Monólogo Exterior apenas bombeia sangue para seu rosto e bloqueia todos os sistemas diante de uma ameaça Klingon.

Quando o problema é o Darth de plantão, Jason Humphries… não há Yoda que resista. E o cara parece ter decidido que Sarah será a Jane de seu Thor, a Lorelei de seu Namor ou, quem sabe, a Mary Jane de seu Aranha. Então, Archie resolve trazer para a vida real suas habilidades como Mestre de RPG. E transformar a própria realidade. Com ajuda de muitos livros e um ego reformulado!

Tudo bem… Talvez seu novo Eu Psíquico tenha um estranho sotaque americano e queira comungar com o Universo, seu padrasto seja um Imbecil de marca maior, seus únicos amigos se recusem a acompanhá-lo nessa jornada de autoconhecimento e suas noites sejam atacadas por um estranho e recorrente Sonho. Mas ele vai conseguir!

Afinal, nas palavras da mais bela das elfas, “até mesmo a menor das criaturas pode mudar o curso do destino”. 

Link: Skoob | Leia um Trecho | Comprar

Resenha

SAM_1361

Sou uma pessoa apaixonada pela cultura pop/geek. Sou uma nerd assumida e não me envergonho disso. No dia em que vi o lançamento desse livro fiquei enlouquecida e queria lê-lo a todo custo. Apesar de saber que seria um livro voltado para adolescentes, sabia que a história iria me agradar, afinal, estamos falando do universo Nerd! Certo, livros voltados para o público jovem estão começando a fazer parte das minhas leituras preferidas.

Fator Nerd: Contatos imediatos do 1º Amor (Primeiro livro da Série Geekhooh) não me decepcionou em nada! O livro está cheio de referências que pude reconhecer de imediato. Usando uma linguagem simples, cheia de humor e altamente inteligente, Andy Robb abordou assuntos que fazem parte dos conflitos cotidianos dos adolescentes de uma maneira fantástica! Com uma narrativa em primeira pessoa, conhecemos o ponto de vista de Archie, de uma maneira muito interessante. Utilizando o MI (Monólogo Interior – aquilo que ele tem vontade de falar, mas não fala), o ME (Monólogo Exterior – o que ele fala para agradar aos outros) e mais pra frente o EP (Eu Psíquico – aquele que quer mudar), o autor conseguiu dar uma dinâmica incrível ao enredo. O MI de Archie é aquela voz crítica interior que dá todo o diferencial na narrativa. Dei muitas risadas com os comentários sarcásticos e as tiradas inteligentíssimas dele.

Os personagens são fofos! Archie é um garoto de 14 anos que está passando por momentos complicados em sua vida e é o estereótipo perfeito de um nerd. Podemos conhecer todo o seu desenvolvimento e conflitos de uma maneira divertida. Foi bem interessante ver o crescimento dele. Dei muitas risadas com suas autocríticas e fiquei em alguns momentos com vontade de socar o Archie no lugar do Jason. Sarah também foi uma personagem que me cativou. Ela é uma menina que irradia luz e é impossível não se apaixonar por ela. Preciso urgentemente da continuação desse livro! Apesar de ter um segundo livro, a história nesse aqui está bem amarrada e tem um começo, meio e fim.

Andy Robb conseguiu abordar de uma maneira bem sutil alguns assuntos que podem ser bem complicados na vida de um adolescente: pais separados e uma família em transformação, ser aceito em grupos, dificuldades com relacionamentos e a descoberta do primeiro amor. Fiquei encantada com a narrativa dele!

Nem preciso falar que a cada vez que via uma referência sobre Senhor dos Anéis, D&D, Harry Potter, Star Wars, dentre outras, eu dava pulinhos de alegria, né? Sim, tem muita coisa nerd nesse livro! Sem falar no Jogo de RPG deles que fiquei louca de vontade de jogar. Quero ser a Nox Noctis <3

A diagramação está linda e bem caprichada! A capa está uma gracinha. O título e os bonequinhos estão com relevo e verniz localizado. A editora fez um trabalho bem bacana e a correção está impecável também.

Enfim, terminei a leitura com um sorriso no rosto e com vontade de ler a continuação, que aliás, o autor já escreveu. Agora, cabe à Galera trazer pra gente logo logo o livro!! Se você gosta de livros do gênero, é um nerd, um jovem adolescente, está mais do que recomendada a leitura.

5estrelas Ficha Técnica

Título: FATOR NERD – Contatos Imediatos do 1º Amor
Autor: Andy Robb
Tradutor: Alda Lima
Ano: 2013
Série: Geekhood
Gênero: Juvenil
Páginas: 304

Link: Skoob | Leia um Trecho | Comprar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

  • CarolinaPiovesan

    Oi Thaisa!

    Curto muito os livros que tem essa pegada Nerd. Não que eu me considere uma (apesar de todos que eu conheço dizer o contrário), mas é muito divertido! O mais bacana é quando o autor consegue fundir dentro da estória os conflitos sociais que todo adolescente enfrenta com personagens cativantes e ambiente divertidíssimo.

    Beijos!
    Carolina Piovesan
    Baú de Histórias
    http://baudhistorias.blogspot.com.br/

%d blogueiros gostam disto: