Resenha: Como se Casar com um Marquês de Julia Quinn

Romance de Época. Como se casar com um marquês é um dos poucos livros que me fizeram perder o sono neste ano. Uma leitura deliciosamente divertida e apaixonante. Sem sombra de dúvidas, este é um dos livros mais engraçados que já li da diva Julia Quinn!

Elizabeth Hotchkiss precisa se casar com um homem rico, e bem rápido. Com três irmãos mais novos para sustentar, ela sabe que não lhe resta outra alternativa.

Então, quando encontra o livro Como se casar com um marquês na biblioteca de lady Danbury, para quem trabalha como dama de companhia, ela não pensa duas vezes: coloca o exemplar na bolsa e leva para casa.

Incentivada por uma das irmãs, Elizabeth decide encontrar um homem qualquer para praticar as técnicas ensinadas no pequeno manual.

É quando surge James Siddons, marquês de Riverdale e sobrinho de lady Danbury, que o convocou para salvá-la de um chantagista. Para realizar a investigação, ele finge ser outra pessoa. E o primeiro nome na sua lista de suspeitos é justamente… Elizabeth Hotchkiss.

Intrigado pela atraente jovem com o curioso livrinho de regras, James galantemente se oferece para ajudá-la a conseguir um marido, deixando-a praticar as técnicas com ele. Afinal, quanto mais tempo passar na companhia de Elizabeth, mais perto estará de descobrir se ela é culpada.

Mas quando o treinamento se torna perfeito demais, James decide que só há uma regra que vale a pena seguir: que Elizabeth se case com seu marquês.

Link: Skoob | Comprar: SaraivaSubmarinoAmazonCultura

Resenha

Sim, estou lendo fora da ordem. Como se casar com um marquês é o segundo livro da duologia Agentes da Coroa da diva dos romances de época, Julia Quinn. Apesar de eu não gostar muito de ler os livros fora da ordem (principalmente da Julia), resolvi ler esse primeiro por tanto ter ouvido falar que o segundo é bem melhor que o primeiro. É verdade que os personagens do primeiro livro aparecem neste, mas nada que atrapalhe a história do casal, nem nosso entendimento.

Não preciso fazer um resumo da história porque a sinopse já faz isso muito bem. Se eu acrescentar mais alguma coisa, darei spoiler sem necessidade.

Uma das coisas que me fez gostar muito do livro é a personagem que está presente em quase todos os livros da autora, Lady Danbury (Sim, a mesma que aparece na série Os Bridgertons). Eu amo essa mulher e sempre que ela aparece, é divertimento na certa! Pensando bem, não existe um personagem que apareça nessa história que não seja divertido e interessante.

Elizabeth é desastrada, cativante e apaixonante. Ela também é uma mulher determinada, sarcástica (cópia da lady Danbury) e muito ligada à sua família. Já o James é sedutor, inteligente, gentil, atencioso e divertido. Juntos eles formam um casal perfeito com uma história hilária capaz de nos arrancar gargalhadas.

Poucas leituras nesse ano me fizeram perder o sono. Essa foi uma delas. O enredo é tão envolvente que fica difícil largar o livro. Fui dormir as 4 horas da manhã (apenas por ser vencida pelo sono) lendo e assim que acordei, peguei o livro para terminar a leitura das últimas páginas que faltaram.

É uma leitura leve e deliciosamente divertida. Me peguei em diversos momentos chorando de tanto rir das loucuras do casal e dos outros personagens. Sem sombra de dúvidas esse é um dos livros mais engraçados que já li da Julia Quinn.

Nem preciso falar sobre a escrita da autora. Quem a conhece sabe como as histórias dela são envolventes. Para quem é apaixonado por romances de época (e para quem quer conhecer o gênero), super recomendo a leitura!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: