Resenha: O Treinador do meu Sobrinho de Vanessa Gramkow

Romance. Leitura leve, divertida e tocante que você pode ler numa tarde fria, tomando uma xícara de café. Ao concluir a leitura vai estar acreditando que o amor existe.

Duda aprendeu que a vida não era fácil, mas nunca se deixou abater pelos obstáculos. Conhecida por sua personalidade ousada, ela valorizava sua própria liberdade acima de quaisquer sentimentos. A vida estava sempre sob seu controle… até seu sobrinho, o jovem tenista Igor, garantir-lhe que André, seu treinador, seria o “homem ideal” para ela. Duda não acha que precisa de qualquer relacionamento sério, aliás, aprendeu que o amor não existe para todos, especialmente não para ela. Por isso, tudo soava muito divertido quando Duda soube que finalmente conheceria o “tão mencionado” André; o problema é que o tal “homem ideal” era um babaca que parecia muito disposto a irritá-la. Agora, Duda precisará lidar com as expectativas românticas de seu sobrinho, a monitoria estressante de sua irmã mais velha, o confronto com seu próprio passado doloroso e a verdade de que nunca é tarde para aprender a amar.

Link: Skoob | Comprar:  Editora Modo

Resenha

Vocês bem sabem que sou apaixonada por livros eróticos, hot, sensuais e derivados, né? Quando recebi o livro da Vanessa e notei que ele poderia estar dentro de uma dessas variáveis do gênero (pela capa e sinopse), fiquei feliz.

Duda é uma mulher que tem medo de amar. Na verdade ela tem medo das consequências do ato de amar. Esse trauma foi causado pela morte prematura de seus pais e isso a tornou uma mulher que não acredita em relacionamentos. Para ela o importante é a diversão e o “aqui e agora”. Os homens servem apenas para aquecer sua cama por uma noite e proporcionar momentos de prazer. Duda jamais se permitiu abrir o coração para homem nenhum, até o momento em que conheceu André.

André é o treinador de Igor, sobrinho de Duda. Um cara que aparentemente não leva a vida muito a sério, mas que tem muito a surpreender quando ele permite mostrar quem realmente é. Assim como Duda, gosta de diversão e é por isso que Igor acredita que ele é o homem perfeito para a tia.

O encontro dos dois acontece por acaso e a atração física que ambos sentem um pelo outro, fica evidente desde o primeiro momento. Um encontro que vai mudar totalmente o futuro e a vida de ambos.

Apesar da sinopse dar a entender que o livro é erótico, não classifico ele assim. Temos sim algumas cenas mais sensuais, mas nada de descrições de sexo. Isso não tirou de forma alguma o encanto da história. Estamos diante de personagens singulares que não tem medo de se entregar às suas vontades, mas o real foco da autora está nos sentimentos deles do que em cenas de sexo. Esse é um ponto positivo para o livro, apesar de eu ter sentido falta de uma cena ou outra mais caliente.

A premissa do livro é bem interessante e atual. As pessoas hoje em dia se trancam dentro de si, com medo de abrir o coração para se entregar aos relacionamentos e foi justamente isso que a autora trabalhou no temperamento de Duda. Maria Eduarda é uma mulher forte, decidida, que não tem medo de mostrar como realmente é e eu amo protagonistas assim. Ao mesmo tempo que ela é durona, ela é sensível e Duda me conquistou. André também me encantou, mesmo com seu jeito cafajeste de ser.

O enredo é bem interessante, mas senti falta de um maior aprofundamento na história. Por diversas vezes quis mais detalhes, para entender melhor o relacionamento de André com Duda e deles com os personagens secundários. Acredito que uma estruturação maior na construção dos personagens e no relacionamento entre eles resolveria essa questão. A história foi um pouco corrida me dando a sensação de ler um conto que me deixou com vontade de saber mais.

É uma leitura que flui e é extremamente rápida. Dá pra ler numa sentada só! Se você está em busca de uma leitura leve, divertida e tocante, super recomendo O treinador do meu sobrinho para você!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: