Da literatura para a telinha: Pollyanna vai virar novela!

Acho quase impossível uma menina (principalmente da minha idade) não ter ouvido falar sobre a obra de  Eleanor H. Porter, Pollyanna.

Pois é, Pollyanna é um clássico da literatura infantojuvenil que conta a vida da pequena órfã Pollyanna. Uma menina de onze anos, que após a morte de seu pai, um missionário pobre, se muda de cidade para ir morar com uma tia rica e severa que não conhecia anteriormente. No seu novo lar, passa a ensinar, às pessoas, o “jogo do contente” que havia aprendido de seu pai. O jogo consiste em procurar extrair algo de bom e positivo em tudo, mesmo nas coisas aparentemente mais desagradáveis.

A autora, presbiteriana, trabalhou um aspecto da evangelização cristã, de que é necessário procurar manter a felicidade, o amor e o bem, mesmo nas situações mais adversas. A felicidade em Cristo Jesus. Curiosamente, em psicologia e sociologia, isso passou a ser chamado de “princípio de Pollyana”, mas os autores raramente citam ou entendem a origem cristã, secularizada, desse comportamento descrito.

O livro foi escrito pela autora em 1913 e sua continuação, Pollyanna Moça, foi escrito em 1915. Ambos publicados aqui no Brasil e obras de grande sucesso!

Pollyanna Moça

imagem_release_897405O segundo livro da série de sucesso Pollyana, ganha uma versão especial do selo Via Leitura, da Edipro, editora especializada em clássicos da literatura. Esta nova versão traz à obra Pollyanna Moça, um visual colorido, leve e charmoso, ao estilo do texto primoroso de Portter.

Escrito em 1915, a continuação da história da menina órfã, que encantou e influenciou o mundo por diversas gerações, a mostra já crescida e enfrentando novas adversidades, que testam seu otimismo e o maior ensinamento de seu falecido pai, “o jogo do contente”.

No livro, Pollyanna é sempre encantadora e possui atitudes positivas, transforma a vida de quem a conhece. Desde que foi morar com a tia, no primeiro livro, não se contentou em ultrapassar os limites de Beldingsville, cidadezinha que mora com sua tia Polly. A protagonista, na segunda publicação, foi em busca de novos horizontes em Boston, para ajudar uma rica viúva a superar as tristezas da perda de um filho e de uma vida solitária.

Nesta nova aventura, Pollyanna conhece pessoas novas e incríveis, encontra um grande amor, junto a isso, a inquietação, dúvida e emoções que só uma jovem apaixonada pode sentir.

A adolescente linda e gentil, nesta versão do selo Via Leitura, continua ensinando o “jogo do contente”, trazendo a todos os leitores uma lição de amor, otimismo e reforça a ideia que o pensamento positivo pode influenciar na vida das pessoas.

A protagonista contagia leitores de todas as idades, com seu “jeito Pollyanna de ser”. Uma leitura indispensável para que todos possam conhecer o verdadeiro sentido da alegria em viver.

Adaptação para as Telinhas

Para nossa alegria, em 2016 o SBT anunciou que fará uma adaptação da obra. A novela irá substituir a atual “Carinha de Anjo” e quem será a escritora será Íris Abravanel.

A estreia está prevista para agosto desse ano e a novela terá o nome Poliana. A adaptação mostrará toda a vida da pequena órfã e espera-se ver muito “jeito Pollyanna de ser”!

Ansiosos?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: