Resenha: As letras dos Beatles – A história por trás das canções de Hunter Davies

Não Ficção. Um livro para os amantes do quarteto de Liverpool que mudou o cenário musical, que desejam conhecer um pouco mais sobre as histórias por trás das letras das músicas.

cinco flores

A primeira coletânea de manuscritos de letras dos Beatles já publicada! Pela primeira vez, as versões originais das letras de músicas essenciais dos Beatles são agrupadas em livro após exaustiva pesquisa. Além disso, As letras dos Beatles traz várias delas que nunca haviam sido publicadas. Esses documentos hoje pertencem a colecionadores e a amigos dos Beatles, muitos deles sob a custódia de museus e universidades mundo afora. Hunter Davies conviveu com os Beatles no apogeu da banda e escreveu sua primeira e única biografia autorizada. Desde então, pesquisou e encontrou mais de cem letras de suas músicas, escritas à mão, que são reproduzidas aqui. Os Beatles compunham a qualquer hora, em qualquer lugar- as músicas podiam começar no verso de um envelope, num guardanapo ou num papel de carta de hotel. Esses escritos, entre eles vários rascunhos e versões revisadas, propiciam uma visão única e íntima do marcante processo criativo dos maiores compositores de música popular de todos os tempos- o que eles pensavam, como mudavam de ideia e de que maneira realizavam letras de músicas hoje conhecidas em todo o mundo. Cada música é considerada aqui em seu contexto- o que os Beatles estavam fazendo naquele momento, como compuseram e gravaram a faixa, como a primeira versão difere da finalmente gravada. Quase todas as canções dos Beatles têm uma grande história por trás delas, de Yesterday e Eleanor Rigby a Yellow Submarine . Embarque nesta viagem aos bastidores destas obras-primas do pop.

 

Link: Skoob | Comprar: SaraivaSubmarino – Amazon

Resenha

Beatlemania: 1. substantivo feminino 2.(d1963) interesse extremado, preferência intensa e generalizada pela música e pela moda beatle.  Seguindo a definição acima (retirada do tio Google), Beatlemaníaco é todo aquele que é apaixonado e super interessado na música e moda Beatle. E sim, quando digo Beatle estou me referindo aos quatro garotos de Liverpool: Paul, John, George e Ringo, os Beatles. Eu, claramente me encaixo na categoria de Beatlemaníaca, e por isso, esse livro me chamou tanto a atenção e o meu amor.

Muito já foi escrito sobre a vida dos beatles, tanto como um conjunto, mas isoladamente também. Muito falando sobre suas músicas, na filosofia por trás delas, e até como a trajetória dos Beatles pode ser usada nos negócios. A verdade é que os Beatles, mesmo tantos anos após o termino da banda, e a morte de dois de seus integrantes, continua sendo um ótimo produto de vendas. Mas como, boa Beatlemaníaca, eu ainda não tinha visto nenhum livro que reunisse imagens gráficas das letras originais das canções da banda.

“Tratando as letras cronologicamente, tentei também contar a história e a evolução da criação da composição. Elas são fruto das vidas dos Beatles, e os sentimentos e emoções deles se refletiam em sua música. Assim, de certo modo, este livro se tornou a história de suas vidas contada por suas músicas.”

Na introdução, o autor nos familiariza com a história dos quatro rapazes, bem como nos narra como foi conseguir não só a autorização necessária para publicar as imagens das letras, bem como, as próprias fotocópias. Muito foi perdido dos manuscritos originais, naquela época, após gravada a música, pouco importava o pedaço de papel que continha as palavras. Foi muito legal saber que o Hunter Davies chegou a conhecer meus ídolos, e fez parte de algumas das composições, esse fato também tornou pelo menos para mim, a leitura bem mais instigante.

Além de nos mostrar imagens dos originais das músicas, ainda vamos conhecendo um pouco da história por trás de algumas das músicas mais famosas. É uma verdadeira viagem no tempo. Me senti ao lado do John e do Paul, enquanto eles compunham minhas músicas favoritas.

A escrita do autor é bem dinâmica, e torna a leitura bastante fluida. E, a editora Planeta caprichou na edição. As páginas são mais grossas que as de livros normais, o que achei fabuloso, o livro fica mais grosso, porém bem mais resistente! Graças a isso, as páginas branca nem me incomodaram. Sem dúvida, esse livro tem que estar na estante de cada amante dos Beatles.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: