Resenha: Uma História Incomum Sobre Livros e Magia de Lisa Papademetriou

Ficção Juvenil. Ótimo para pessoas cheias de imaginação, que acreditam em magia e adoram finais felizes!

cinco flores

Duas meninas encontram um livro mágico e cada uma se vê envolvida numa história que parece ser contada sozinha.

Kai chega ao Texas para visitar sua tia-avó Lavinia – uma senhora extravagante, durona e fã de hip-hop. Do outro lado do mundo, no Paquistão, Leila deseja ser tratada como uma princesa pela família de seu pai e viver fortes emoções.

Elas só não fazem ideia de que seus mundos completamente diferentes estão prestes a se chocar graças a um enigmático livro em branco.

Quando Kai escreve no livro, suas palavras magicamente aparecem no exemplar de Leila. As meninas então percebem que O cadáver excêntrico reage a cada frase acrescentada – não importa se foi inspirada pelo ataque de um chihuahua ou por um mal-entendido com uma cabra – com um trecho da história de amor vivida por Ralph Flabbergast e Edwina Pickle mais de cinquenta anos antes.

Uma história incomum sobre livros e magia entrelaça essas três perspectivas – de Kai, Leila e Ralph – de uma forma divertida e emocionante. É uma narrativa mágica sobre o destino e os laços invisíveis que nos ligam uns aos outros.

Link: Skoob | Comprar: Saraiva SubmarinoAmazon

Resenha

Depois de passar por um período bem complicado em minha vida, tudo o que estava precisando era de uma leitura leve, divertida e envolvente. Uma História Incomum Sobre Livros é Magia é exatamente assim. Sabe aqueles livros que te surpreendem de maneira bem positiva? Pois é, foi o que aconteceu com esse livro. Um juvenil que trás uma história bobinha mas que ao mesmo tempo é tão linda e tão rica. Ótimo para pessoas cheias de imaginação, que acreditam em magia e adoram finais felizes.

A história nos apresenta três protagonistas diferentes: Kai, Leila e Ralph. Três personagens completamente distintos, com histórias separadas que em determinado momento tem suas vidas entrelaçadas como num passe de mágica. Kai e Leila não se conhecem, moram em cidades diferentes e ambas são apresentadas à história de Ralph através do livro O Cadáver Excêntrico. Calma, as coisas não são tão simples assim.

Os capítulos são alternados entre Kai e Leila e assim podemos acompanhar suas aventuras. Kai vai visitar sua tia-avó Lavinia e lá conhece Doodle, uma texana que adora mariposas e a apresenta ao universo da lepidopterologia. Já Leila viaja para Lahore, no Paquistão, para conhecer sua cultura passando um tempo com o tio. As duas acabam esbarrando de uma maneira inesperada em um exemplar do livro O Cadáver Excêntrico e não fazem ideia de que esse é um livro completamente mágico. O livro possui todas as páginas em branco, aparece do nada nos locais mais inusitados e conforme elas vão escrevendo frases nele, partes da história de Ralph vão aparecendo gradativamente.

Bom, o livro é um juvenil e a princípio parece ser uma história bem infantil e boba. Na verdade sim, ele é bem infantil, mas a autora escreveu tão bem o livro que ele é recomendado para qualquer idade, desde que o leitor tenha um mínimo de imaginação possível. Fiquei encantada com a escrita de Papademetriou e me vi tão envolvida com a história que terminei minha leitura com o coração batendo forte e com aquela sensação boa de finais felizes. Quem me conhece sabe o quanto amo livros que mexem com meus sentimentos e com toda certeza esse é um deles.

Os personagens, tanto os principais quanto os secundários, são bem construídos. Confesso que achei o desenrolar de Kai bem mais interessante e no meu ponto de vista ela realmente é a peça principal da trama. Leila ficou como coadjuvante e só lá pro final que ela se destacou mais e ganhou meu coração.

A narrativa é leve, simples e possui um mistério tão gostoso que leva o leitor a devorar as páginas. O livro é narrado em terceira pessoa e a magia começa a acontecer aqui, pois o narrador conversa com o leitor de uma maneira espontânea e bem divertida. A autora foi muito inteligente ao escrever essa história e se você quer despertar a imaginação de seu filho, recomendo dar esse livro de presente pra ele. Quem sabe até, brincar de Cadáver Excêntrico se você for corajoso!

Estou apaixonada por esse livro. Super recomendo para adolescentes, jovens e adultos também. Adultos que acreditam em magia e adora deixar a imaginação correr solta. Se prepare para mergulhar numa história simples, porém encantadora!

Aprenda a jogar Cadáver Excêntrico:

12998490_1122350507817400_646601198096444641_n

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: