Resenha: João e Maria de Neil Gaiman

Contos. Uma releitura do clássico João e Maria pelos olhos de Neil Gaiman.

cinco flores

O prestigiado escritor Neil Gaiman e o brilhante ilustrador Lorenzo Mattotti se encontram para recontar o clássico João e Maria. Familiar como um sonho e perturbador como um pesadelo, o conto narra a saga de dois irmãos que, em tempos de crise e falta de esperança, são abandonados pelos próprios pais e precisam enfrentar com coragem os perigos de uma floresta sombria. Em um texto poético, Gaiman revive a tradição dos contos de fada, dando profundidade à aventura dos irmãos, mas sem abandonar a autenticidade e o talento único de mesclar realismo e fantasia que o transformaram em um dos maiores autores de sua geração. Mattotti, por sua vez, dá um ar inteiramente novo ao clássico. Seus traços criam um jogo de luz e sombra, permitindo que o leitor desvende aos poucos a imagem, assim como os segredos da história de João e Maria.

Link: Skoob | Comprar: SaraivaSubmarinoAmazon

Resenha

Faz um certo tempo que estava querendo ler algo escrito por Neil Gaiman. Vários amigos me recomendaram livros do autor mas nunca tive a oportunidade para ler. Como adoro contos de fada e a editora Intrínseca lançou essa versão linda de João e Maria, resolvi unir o útil ao agradável e comprei.

João e Maria é uma parceria de Neil Gaiman com Lorenzo Mattotti. Dessa parceria surgiu uma releitura da história original dos irmãos Grimm ao estilo da narrativa de Gaiman com belas ilustrações. Sim, o livro não tem muita diferença da versão original do conto de fadas, mas para quem é colecionador vai querer com toda certeza ter essa versão em sua estante.

12744218_10206905300584785_1664437636021695419_n

O livro está totalmente no clima sombrio e assustador da história. As ilustrações de Mattotti são espetaculares e a versão do livro em capa dura está maravilhoso. Não tenho muito o que falar sobre a história, afinal todo mundo conhece “João e Maria”. Bem, na versão dos irmãos Grimm (e nesta também) quem resolve abandonar os filhos é a própria mãe e Gaiman retrata a bruxa como uma “velhinha adorável”. Fico me perguntando os motivos de contar histórias como essa para crianças… Educar na base do medo? Sei que nesse caso, o conto assustador retrata uma época bem difícil que a humanidade enfrentou na era medieval, conhecida como A Grande Fome, onde pessoas comuns eram obrigadas a abandonar seus filhos e praticar o canibalismo para sobreviver. Mas, ainda assim, se pararmos para pensar, é meio assustador contar isso a uma criança, pra não dizer, traumatizante!

Uma curiosidade a respeito desse conto é que desde sua publicação original, ele já sofreu algumas modificações, talvez para amenizar as coisas e no final do livro tem uma nota histórica muito bacana.

Claro que super recomendo o livro, afinal, ele ficou lindo em minha estante!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: