Resenha: Zac & Mia de A. J. Betts

Drama/Romance. Uma história sobre a vida e sobre como lidamos com situações complexas.

cinco flores

A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia – bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso.
No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela.
Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente.
Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro?
Contada sob a perspectiva de ambos, Zac e Mia é a história tocante de dois adolescentes comuns em circunstâncias extraordinárias.

Link: Skoob | Comprar: Saraiva SubmarinoAmazon

Resenha

Não sou muito fã de livros com pessoas doentes. Quando solicitei à Novo Conceito esse livro pensei se tratar de uma história de romance, bem diferente daquilo que encontrei nessa história. Na sinopse do livro (na contracapa) tem um trecho da parte de Zac e com isso,  achei que seria uma história de adolescentes que se conheciam pelas redes sociais. Quando comecei a ler e vi se tratar de um garoto com câncer já fiquei com o pé atrás achando que iria odiar o livro… Bem, não foi isso o que aconteceu.

Para minha surpresa, não apenas Zac, mas também Mia, foram diagnosticados com câncer e ambos se conhecem no hospital quando estão em tratamento. Já de cara me apaixonei por Zac. O livro é narrado em primeira pessoa e dividido entre a visão de Zac e a da Mia.

Zac é um rapaz alegre, muito apegado à família, amigo, gentil e mesmo com leucemia, sempre procura ver o lado bom das coisas. Mia, a princípio, é uma menina irritante, dramática e sem educação nenhuma. A detestei, mas meus sentimentos por ela mudaram no momento em que comecei a ver as coisas pela visão dela. Adorei acompanhar o crescimento dos dois personagens como pessoa, um com o outro e com suas famílias.

O livro trás uma temática que já é triste por si só. Sempre que os livros abordam esse assunto, a atmosfera de tristeza e morte estão presentes, mas em Zac e Mia as coisas são um pouco diferentes. A autora não usou a doença como tema central, ela deu destaque para o relacionamento entre os personagens e a maneira como cada um lida com a doença. Com o foco voltado para os relacionamentos, a leitura ficou mais leve e com um clima mais ameno.

A autora tem uma escrita tão gostosa e envolvente que nem senti o tempo passar enquanto estava lendo. Além disso, ela explica cada um dos estágios enfrentados pelos pacientes de uma maneira simples e de fácil entendimento.

Verdadeiramente esse livro me surpreendeu de uma maneira bem positiva e recomendo bastante a leitura para quem gosta do tema e quer ler uma história linda e envolvente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: