Resenha: A Primeira Chance de Abbi Glines

Romance Erótico. Um livro para quem está em busca de uma leitura leve e sem muitas pretensões.

tres flores

Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil… Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan.
Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan.
Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la…

Link: Skoob | Comprar: SaraivaSubmarinoAmazon

Resenha

Rosemary Beach está de volta. Desde que li o primeiro livro de Abbi Glines me apaixonei pela escrita da autora. Ela escreve de uma forma que prende o leitor do começo ao fim e com a dinâmica de alternar entre os narradores, faz com que o tempo passe sem que percebamos. Apesar de gostar bastante do livro, tive alguns probleminhas com minha leitura que apontarei no decorrer dessa resenha.

Estar mais uma vez no cenário de Rosemary Beach e passar um tempo com personagens já conhecidos é muito gostoso. Estar ambientada com a história ajuda a leitura a fluir mais rápido. Não que isso seja necessário, pois como falei, Abbi escreve de uma maneira muito dinâmica.

O que acho mais interessante em acompanhar essas séries é que podemos matar as saudades de personagens que já tiveram seus arcos completados. Em “A primeira chance” tivemos uma pequena participação de Woods e Della e foi bom para matar um pouco a saudade. Já Rush e Blaire tiveram uma participação importante na vida desse casal.

Harlow e Grant são os protagonistas e os capítulos são alternados entre os dois. Com uma narrativa em primeira pessoa, conseguimos saber o que cada um está pensando e sentindo. Isso é ótimo, pois a leitura não fica monótona. Não tenho do que falar no quesito escrita da autora.

A enredo possui clichês? Sim! Mas isso não atrapalha em nada…aliás, ainda não li nenhum livro de romance que não seja cheio de clichês. Quem não gosta de sonhar acordado?

Enredo bom, escrita perfeita… O que me levou a dar três estrelas para esse livro? Esse é o terceiro casal apresentado nessa série e senti que estou lendo mais do mesmo. Não sei por qual motivo a autora usa a mesma receita para seus protagonistas. Mudando apenas o problema central, Abbi praticamente deixa a personalidade dos casais iguais: O bad boy que se apaixona e vira um homem das cavernas, a mocinha ingênua que precisa ser protegida e que prefere se esconder ao enfrentar os problemas. Sem contar que todas as mocinhas possuem um segredo (que nem é tão grave assim) capaz de separar o casal. Gente, eu ODEIO mulheres assim…

Ainda assim eu quero ler a continuação desse livro. Sei lá, a escrita de Abbi Glines é viciante e apesar desse não ter sido dos melhores da série, continuarei firme e forte com esses personagens.

A história é boa. O livro é bom. Se você está em busca de um livro rápido e leve, essa é uma boa pedida. Recomendo também para os que acompanham essa série. Estou torcendo para que o segundo livro sobre Harlow e Grant seja muito melhor que esse.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: