Resenha: A mulher de preto de Susan Hill

Suspense. Esse livro tem uma narrativa angustiante, aflitiva e delirante que leva o leitor a ler compulsivamente para descobrir quem ou o que é a Mulher de Preto. Uma dica: Não leia esse livro a noite!

4estrelasO jovem advogado Arthur Kipps, foi enviado a cidade mercante de Crythin Gifford para verificar os documentos e os papéis particulares da recém-falecida Sra. Alice Drablow, uma viúva idosa que vivia sozinha na solitária e afastada Casa do Brejo de Enguia. Enquanto trabalha na casa, Kipps começa a descobrir seus trágicos segredos. A situação piora quando ele entende que o vilarejo é refém do fantasma de uma mulher magoada, em busca de vingança.

Link: Skoob | Comprar: Saraiva e Submarino

Resenha

2015-07-16 17.09.38

Sou uma pessoa apaixonada por histórias de terror. Adoro aqueles livros que deixam uma sensação de falta de ar nos pulmões e frio no estômago. A sensação de ler como se alguém o estivesse observando é impagável.

Por incrível que pareça, não sou fã de assistir a filmes de terror, prefiro a leitura. É estranho, eu sei, mas assistir aos filmes me faz mal… vai entender!? Portanto, eu não assisti ao filme A mulher de preto e não tinha nenhuma base do que esperar ao começar a ler esse livro. Sabia que deveria encontrar uma história assustadora, ao menos era isso o que eu estava esperando.

E continuei esperando uma história de arrepiar os cabelos… mas ela não veio. Isso foi ruim? NÃO! De maneira nenhuma! Eu não me assusto com facilidade e a ausência do medo apavorante no livro deu lugar a uma história angustiante, aflitiva, delirante e triste. Triste sim, pois a história da mulher de preto é profundamente triste.

Susan Hill construiu uma narrativa envolvente, cheia de mistério que influencia o leitor a querer virar a página para desvendar os mistérios narrados em primeira pessoa pelo protagonista, Arthur Kipps. Acho que se eu estivesse no lugar desse homem nunca mais na vida iria voltar a dormir! Além de todo o terror que ele vivenciou no Brejo da Enguia, o desfecho da história é completamente inesperado e me deixou com uma dor no coração.

Fui completamente envolvida pelo mistério que paira em Crythin Gifford e só parei de ler quando cheguei à última página. A autora tem uma escrita envolvente, rápida e perspicaz. Um enredo muito bem estruturado e ela revela gradualmente os mistérios envolvendo essa mulher e a história dramática da casa. Por que eu dei 4 estrelas? Apenas porque ele não é um livro de terror como eu esperava. É uma história de suspense, drama e ótima para ser contada em volta de uma fogueira num acampamento!

Se você gosta desse gênero literário, o livro está mais do que recomendado. Se você for uma pessoa que se assusta com facilidade, não leia a noite. Esse é apenas um conselho de amiga que te dou! 🙂

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: