Resenha: Neve na Primavera de Sarah Jio

Drama. Neve na Primavera é um daqueles livros que te prendem do início ao fim. Com uma história envolvente, misteriosa e fascinante, leva o leitor a um estado onde suas emoções estarão à flor da pele.

5estrelas

Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho.

Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve.

Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos, Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.

Link: Skoob | Comprar

Ainda se recuperando do terrível acidente que enfrentou há um ano, Claire tornou-se apenas uma sombra do que era. Seu casamento está desmoronando, a culpa a consome e a dor da perda parece não ter fim. O trabalho no jornal tem sido sua única fonte de motivação.

Ao redigir uma matéria banal, Claire descobre o caso não solucionado de um menino desaparecido na década de 1930, na mesma Seattle onde ela vive. Tudo indica que Daniel Ray foi sequestrado.

Um recorte de jornal, muitas coincidências e um instinto inexplicável levam a jornalista a assumir a missão de desvendar o mistério e devolver àquela família a paz roubada há tantos anos.

Resenha

2015-06-28 11.51.29

E eu que achava que Neve na Primavera fosse um livro de romance… É, não tinha me atentado à sinopse e como sempre escolhi esse livro pela capa. Comecei a leitura de maneira despretensiosa e não estava esperando muito da obra. Não conhecia a autora, nem estava no clima para romances. Me enganei redondamente e tive uma surpresa maravilhosa.

Antes de mais nada devo dizer que esse livro não é um romance,  ele é um drama.  Com uma narrativa dividida entre duas épocas, a história é narrada alternadamente entre o ponto de vista de duas mulheres – separadas por décadas –  tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidas. Em meio a flashbacks e acontecimentos do presente, somos levados a conhecer Vera, Daniel e Claire. Não tem como não se emocionar com o amor entre Vera e o filho Daniel, um garotinho loiro, de olhos verdes e bochechas rechonchudas que é a razão de viver de Vera .

O enredo é emocionante, envolvente, misterioso e a autora vai revelando o que precisamos descobrir nos momentos certos. Apesar de ser um drama a narrativa não é densa. É uma narrativa gostosa e tão envolvente que fica difícil parar de ler. O pano de fundo é uma tempestade de neve fora de época, mas também se fala sobre amor, perdão e se doar em favor do outro. Me emocionei em diversas  passagens do livro e confesso que não esperava pelo desfecho que a história tomou. Pensei em várias coisas, mas a revelação final foi chocante! Apesar de ter descoberto no meio da história algumas coisas, fiquei boquiaberta com o final.

Sarah Jio ganhou mais uma fã. Essa autora escreve de maneira surpreendente. Ela consegue passar toda a emoção dos personagens com palavras simples e ao mesmo tempo profunda. Senti a dor da perda. Senti o desespero de uma mãe. Senti a busca pela salvação de um casamento. Sentir… esse é o ponto principal dessa obra.

Os personagens são extremamente cativantes. Claire, Vera e Daniel são personagens marcantes. O núcleo secundário também  tem extrema importância na história. Me identifiquei com Claire e amei Vera.

Esse livro está entre os meus favoritos do ano e está mais do que recomendado para quem gosta do gênero e também para aqueles que não gostam. Neve na Primavera é um daqueles livros recomendados para ler no inverno, debaixo das cobertas, com uma xícara de café ao lado e um pacotinho de lenços de papel. 🙂

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: