Resenha – A mais pura verdade de Dan Gemeinhart

Drama. Esse é um daqueles livros que te fazem repensar alguns conceitos. Com um tema forte, porém com uma narrativa leve, o autor leva o leitor a acompanhar a trajetória de um menino que queria realizar seu sonho antes de não ter mais tempo pra isso. Terminei o livro abraçando todos os meus 7 cachorros e com lágrimas nos olhos.

4estrelas

Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.

Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.

Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça.

A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

Link: Skoob | Comprar

Resenha

2015-04-20 16.22.44Como fã da editora Novo Conceito vocês irão encontrar resenhas de outros livros dessa editora aqui no blog, mas como parceira, essa é a primeira resenha que faço. Dos três livros que me foram enviados como boas vindas pela parceria, escolhi A mais pura verdade para ser o primeiro a ser resenhado aqui. O escolhi por saber que encontraria em suas páginas uma história tocante e especial. Não me enganei e agradeço pela oportunidade de ter lido uma história tão emocionante.

Mark é um garoto de 12 anos que tem muitas lições para nos ensinar. Por causa do seu estado de saúde ele resolve fugir para realizar seu grande sonho: escalar o Monte Rainier. Leva consigo sua máquina fotográfica, uma mochila com alguns mantimentos e parcos utensílios para a escalada, um caderno e seu fiel amigo Beau, seu cãozinho. Eis aí os componentes perfeitos para me fazer chorar!

Apesar da história tratar sobre temas tão obscuros como o câncer, a solidão, a fome, o espancamento… o autor consegue desenvolver bem os temas com uma narrativa leve, de fácil entendimento e envolvente. Acompanhamos a aventura da vida de Mark como se estivéssemos presentes, sendo uma terceira pessoa inserida no cenário. A narrativa em primeira pessoa, na visão de Mark, trouxe essa sensação de fazer parte do ambiente. Uma jogada que achei interessantíssima foi o fato do livro ser dividido em dois ambientes: 1 – a visão de Mark em sua aventura; 2 – os acontecimentos e a visão de sua família e amiga Jessie. Assim, o leitor consegue sentir todas as emoções da narrativa.

Os personagens são cativantes. Mark é um menino doce e determinado. Beau, fiel como todo bom amigo canino e mega inteligente. Jessie sofre junto com Mark, mas mantém sua fidelidade ao melhor amigo e guarda seu segredo. Esse livro me fez repensar alguns conceitos. Fez eu lembrar que mesmo diante de tanta maldade, existem seres humanos de bom coração e dispostos a ajudar.

A mais pura verdade com toda certeza deve trazer lições bem particulares para cada leitor. Eu tirei as minhas e tenho certeza que cada um que ler vai sentir o mesmo. Terminei a leitura muito emocionada e saí abraçando cada um dos meus filhos caninos.

Um livro mais do que recomendado!

Créditos

Dan Gemeinhart fez um vídeo apresentando um dos locais por onde Mark e Beau passou. Dá pra sentir na pele o que esse menino passou … Se você ainda não leu o livro, esse vídeo pode conter SPOILER.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: