Resenha – Roleta Russa de Jason Matthews

O que posso dizer sobre Roleta Russa é que ele é um romance bem diferente do que estou habituada a ler. É uma narrativa viciante, explosiva, cheia de mistério e de tirar o fôlego!

5estrelas

Sinopse: Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de forma abrupta. Logo em seguida, mais um golpe: a morte inesperada do pai, seu melhor amigo.

Desnorteada, Dominika cede à pressão do tio, vice-diretor do serviço secreto da Rússia, o SVR, e entra para a organização. Pouco tempo depois, é mandada à Escola de Pardais, um instituto onde homens e mulheres aprendem técnicas de sedução para fins de espionagem.

Em seus primeiros meses como pardal, ela recebe uma importante missão: conquistar o americano Nathaniel Nash, um jovem agente da CIA, responsável por um dos mais influentes informantes russos que a agência já teve. O objetivo é fazê-lo revelar a identidade do traidor, que pertence ao alto escalão do SVR.

Logo Dominika e Nate entram num duelo de inteligência e táticas operacionais, apimentado pela atração irresistível que sentem um pelo outro.

Link: Skoob | Comprar

ROMANCE POLICIAL. Estamos na Rússia atual, governada com mão de ferro por Vladimir Putin. Somos apresentados a Dominika Egorova, uma jovem russa, linda e sensual, que cai nas garras do sistema logo após sofrer duas perdas brutais. Recrutada pelo SVR, ela se torna uma agente especializada em sedução de alvos e logo é designada a uma missão que será a grande chance de provar a sua competência: descobrir o nome do traidor, funcionário do SVR, que está repassando informações confidenciais da inteligência Russa para os Estados Unidos.

Nathaniel Nash está na Finlândia. Ele é um ambicioso espião norte-americano e tem a oportunidade de salvar sua carreira e reputação, após protagonizar uma ação que por pouco não terminou em desastre.  Está em suas mãos a missão de proteger Marble, o ativo russo mais importante da CIA e alvo da missão dada a Dominika.

Suas respectivas missões fazem com que o caminho dos dois agentes se cruzem iniciando um jogo de gato e rato com muitos momentos de tensão, diálogos inteligentes  cheios de farpas e um relacionamento complexo entre Nate e Domi. Seus encontros são pontuados por elaborados esquemas de vigilância, técnicas de recrutamento e procedimentos de contrainteligência.

No momento em que um deles decide passar para o outro lado, colocando-se na perigosa posição de agente duplo, torna-se o pivô de uma complexa operação capaz de pôr em risco não só a própria vida, mas a de todos a seu redor.

Resenha

SAM_1263

Livros policiais são meus queridinhos, então, quando vi o lançamento de Roleta Russa tratei logo de solicitar o meu à Editora Arqueiro. Apesar de ser um livro classificado como policial, não me senti lendo um policial. Explico. Roleta Russa tem todo um cenário voltado para a espionagem e está totalmente fora do contexto que estou habituada a ler nos romances policiais onde sempre existe um crime (geralmente um assassinato), um detetive e uma investigação até sua conclusão. Roleta me mostrou um novo universo para as tramas policiais e confesso que gostei bastante do clima “James Bond – o agente 007” que a narrativa apresentou.

Apresentando o mundo da espionagem, a guerra fria e a existente birra entre Rússia e Estados Unidos, Jason Mathews criou uma narrativa fantástica e envolvente. Apesar de ter adorado esse livro, minha leitura foi lenta, bemmm lenta, diga-se de passagem.  Esse não é um livro que você lê em uma sentada, pois ele é repleto de fatos importantes sobre a espionagem, siglas russas e americanas e em muitos momentos, situações tensas.  Como o autor é um ex-agente da CIA, ele narra com muita propriedade e maestria os fatos que se desenrolam no enredo, nos brindando com muitos detalhes sobre os esquemas de recrutamento, espionagem e troca de informações entre os agentes duplos e os recrutadores. Apesar de ter sido uma leitura lenta, achei a narrativa e a história criada espetacular.

A construção dos personagens foi muito bem feita. O autor criou a melhor personagem feminina que conheci até hoje nos livros policiais. Dominika é uma mulher inteligente, determinada, forte, apaixonada pelo que faz e muito singular. Apesar de ter uma frieza descomunal, ela conseguiu me conquistar e todas as cenas em que ela aparece são perfeitas. Nate é simplesmente apaixonante. Um homem perfeito! O casal protagonista deu muito certo e eles realmente são as estrelas desse livro. Os outros personagens também foram muito bem criados. Alguns me causaram uma repulsa que só de ler seus nomes já me embrulhava o estômago. E, não, não consigo lembrar os nomes deles, pois nome Russo é complexo e difícil de decorar…rss

Preciso comentar sobre o relacionamento entre Dominika e Nathaniel. Não se preocupe que o livro não se torna um romance clichê e enjoativo (para alguns leitores). Muito pelo contrário! O relacionamento deles é bem complexo. É um misto de paixão avassaladora e profissionalismo. Essa interação me rendeu ótimas risadas, momentos de tensão e coração palpitando. Definindo esse casal em uma palavra: Explosivo!

Toda a narrativa conduz o leitor para os momentos finais descritos no livro. E foi justamente o encerramento da obra que me fez pensar muito e quase tirei uma estrela da minha classificação. Certo, o livro tem um final, mas um final que deixou um espaço enorme para uma continuação. Ele foi conclusivo e inconclusivo ao mesmo tempo. Deu pra entender? Fiquei frustrada. Quero ter certeza se tudo aquilo que peguei no ar vai realmente acontecer, então PRECISO de uma continuação. Simplesmente a história não pode acabar ali onde parou.

Não sei se foi só eu quem tive essa impressão, mas o autor puxou a sardinha pro lado dos Estados Unidos. Ele apresentou os erros e acertos de ambos os países, mas, deixou no ar que a Rússia é má, mais má que o lobo mal. Ele não foi totalmente imparcial quando apresentou os personagens mais repulsivos apenas do lado da Rússia. Em uma guerra, os dois lados cometem atrocidades, sabemos bem disso! Não existe um mocinho por completo. Todos querem vencer e como diz aquele ditado “no amor e na guerra vale tudo”, então são capazes de cometer as maiores atrocidades.

Resumindo: o livro é fantástico. A narrativa é muito bem feita, inteligente e envolvente, mas não pense que esse é um livro leve e fácil de entender. Estou torcendo muito e esperando que Roleta Russa tenha uma continuação.

5estrelasFicha Técnica

ROLETA_RUSSA_1397504477PTítulo: Roleta Russa
ISBN: 9788580412758
Páginas: 432
Edição: 1ª
Tipo de capa: Brochura
Editora: Arqueiro
Ano: 2014
Assunto: Literatura Estrangeira – Romance Policial
Idioma: Português

Link: Skoob | Comprar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

  • Gislaine Belchior

    Oiee Thaisa tudo bem flor???

    Fiquei MEGA curiosa pra ler esse livro, gosto muito de livros policiais apesar de ñ conhecer muitos. Gostei bastante da sua resenha, está bem detalhadinha e deu pra compreender muito bem do que se trata.E já coloquei na minha lista do skoob uhsahusahusahushus

    E respondendo ao seu comentário lá no blog, depois me conte se vc gostou do Simplesmente Ana 😉

    Bjinhos

    /closettgarden.blogspot.com.br

    • Isaxi

      Leia sim. E me conte o que achou. Eu adorei e acabei descobrindo que ele terá uma continuação! Weeeee

      Beijos

  • Giani Plata

    Oi Tha!!
    Tudo bem Lindona?!

    Policiais são meus favoritos!
    Fico tentando descobrir o mistério antes de chegar no fim! hahaha
    E adoro quando acho que estou quase lá e do nada o autor mata quem eu achava que era… kkkk
    Este com certeza está em minha lista de desejados!

    Beijokinhas da Giii!
    http://aestranhaestantedagi.blogspot.com.br/

  • Rayanne Vasque

    Oi Thaisa,

    Tudo bem?
    Eu acabei de ler o livro e estou com a mesma sensação que você teve de;PRECISO saber se as coisas que estou pensando irão acontecer.
    E acabei lendo que você descobriu que terá uma continuação. Onde você viu isso?! Me conte…

    Beijinhos

%d blogueiros gostam disto: