Resenha – A mulher silenciosa de A. S. A. Harrison

Suspense Psicológico. Definitivamente esse livro merece 5 estrelas. Ele é um suspense muito bem escrito e a autora acertou em cheio ao revelar o grande mistério no início, desenvolver a trama de uma maneira muito inteligente e apresentar um final digno de suspense Best-seller! Esse é o típico livro que vai dividir a opinião das pessoas.

5estrelasJodi e Todd estão juntos há 20 anos e, aparentemente, levam uma vida invejável. Todd é um empreiteiro bem-sucedido que pode bancar alguns luxos, como o enorme apartamento com uma vista deslumbrante para o lago, um Porsche (dele) e um Audi (dela) na garagem, e o estilo de vida de Jodi. Psicoterapeuta, ela atende em casa apenas dois clientes por dia, e tem tempo de sobra para as sessões de pilates, as aulas de arranjos florais, os passeios com Freud, o golden retriever do casal, e o preparo das refeições gourmet de que tanto gosta. Jodi ainda fica ansiosa ao ouvir a chave do marido abrindo a porta. Todd diz que nunca encontrará uma mulher igual a ela.

Essa fachada perfeita, porém, está prestes a ruir. Todd é um adúltero incurável, e Jodi sabe disso. Ela é a esposa silenciosa, preparada para tolerar as traições do marido com o intuito de manter as aparências. Até que Todd sai de casa – para viver com uma mulher com metade da idade dela, filha de seu melhor amigo. Magoada, humilhada e, por fim, financeiramente abalada, Jodi começa a contemplar o assassinato como uma opção razoável.

Contado alternadamente nas perspectivas dele e dela, ‘A mulher silenciosa’ é um livro sobre um casamento à beira do fim, um casal na direção da catástrofe, concessões que não podem ser feitas e promessas que não serão cumpridas. Um thriller psicológico sofisticado, que seduz o leitor desde a primeira página.

Link: Skoob | Comprar

Resenha

10369913_10202267081152198_5897108652887231399_n

Esse é um livro com um tema polêmico, que divide as opiniões e devo confessar que polêmica é um prato cheio pra mim.

Antes de começar a resenha em si, gostaria de salientar duas coisas: 1 – O livro tem sido comparado com “Garota exemplar“, porém a única coisa em comum entre os dois livros é o tema: casamento; 2 – Se você está esperando um livro cheio de ação, não espere muito, pois o ponto principal aqui é o desenvolvimento psicológico dos personagens.

Ao iniciar a leitura, já no primeiro capítulo, descobrimos que vai haver um assassinato. Opa, algumas pessoas podem achar que a trama desenvolve-se a partir de um assassinato e não é bem verdade. Achei fantástica a proposta da autora em revelar já de cara o grande mistério e mais fantástico ainda, a forma como ela trabalhou o lado psicológico dos personagens até chegar o grande momento. Apesar de saber que o crime aconteceria e tudo caminhar para ser exatamente aquilo que eu estava imaginando que seria, me surpreendi com o final! Ponto positivo para a autora.

Apesar de preferir livros com mais ação, a narrativa me prendeu de tal forma que não conseguia parar de ler. O livro é narrado em terceira pessoa e de forma intercalada entre Ele e Ela. Conhecemos a visão de Todd (o homem) e Jodi (a mulher) de maneira separada, relativa ao seu relacionamento. A autora  nos apresenta e molda a relação do casal de uma maneira maravilhosa. Como leitora gostei bastante  da narrativa não seguir uma ordem cronológica e os fatos vão sendo apresentados conforme os personagens recordam de acontecimentos passados, no presente. Gradativamente, nos aprofundamos e conhecemos o psicológico dos dois. Uma narrativa muito bem detalhada que pode agradar a uns e aborrecer a outros. Eu gostei.

Preciso dedicar um parágrafo para cada personagem. Tenho uma relação de amor e ódio com eles. Me identifiquei demais com Jodi e preciso explicar um pouco o que acho sobre as atitudes dela.

Jodi, a “mulher silenciosa” é uma psicoterapeuta inteligentíssima, sabe das traições do marido e ainda assim, aceita tudo calada.  Dedica a maior parte do seu tempo para os afazeres domésticos, atende apenas 2 clientes por dia para ter mais tempo de ir a academia, passear com Freud (o cão) e preparar as refeições para Todd. Ela, faz tudo para manter o seu casamento em perfeita harmonia. Sempre que Todd pula a cerca, ela prepara pequenas vinganças e se satisfaz com isso. Jodi sabe que o marido a ama e essas aventuras extraconjugais são passageiras, sendo assim,  prefere se calar e fingir que nada aconteceu. Essas atitudes de Jodi chocaram a maioria das pessoas que fizeram resenha sobre esse livro. Bem, me identifiquei muito com ela. Sinceramente não a acho uma mulher fraca, submissa. Muito pelo contrário! Jodi é uma mulher segura de si, forte, decidida e sabe muito bem diferenciar amor de sexo. Quando ela resolveu casar com Todd, sabia como era o caráter dele e sabe também que não se pode mudar as pessoas. O marido tem uma “necessidade” de sair com outras mulheres, ela apenas aceita isso numa boa e tem plena consciência que ele voltará para ela. E foi assim durante 20 anos… No lugar dela, eu agiria da mesma maneira.

Todd, ah o Todd… o desenvolvimento desse personagem durante a narrativa me levou a odiá-lo. Odiá-lo por ele ser um adúltero? Não, de maneira nenhuma esse foi o motivo. Meu ódio por ele começou quando ele se tornou um verdadeiro filho da puta! Fiquei contando as páginas e torcendo para que ele morresse. Não sei se isso foi proposital da autora, pois a forma como ela colocou o ponto de vista dele nos obriga a odiá-lo. Ele é um tremendo de um babaca e conheço algumas pessoas como ele… Acho que essa é a primeira vez que me deparo com um personagem no qual tenho tanto asco! Ele é um cretino, dissimulado, mentiroso e acha que está certo e que as pessoas não o compreendem. Além disso ele é frio, calculista e de certa maneira cruel. Todd… MORRA!

Apesar do livro ser classificado como um suspense, ele não faz suspense em nada e ainda assim o leitor acaba preso em toda a trama e quer saber como será o fim dessa relação fracassada. Achei isso fantástico. Tenho plena consciência de que essa leitura não agradará a todos, mas pra mim ela deu muito certo. O livro é MARAVILHOSO  e está mais do que recomendado. Fiquei extremamente feliz pelo primeiro livro que ganhei em um sorteio ter sido um livro tão bom quanto esse.

E, essa relação de amor e ódio com os personagens, apenas Freud explica!

5estrelas

Ficha Técnica

Título: A Mulher Silenciosa
ISBN: 9788580575224
Autor: A. S. A. Harrison
Páginas: 256
Edição: 1ª
Tipo de capa: Brochura
Formato: Livro
Editora: Intrinseca
Ano: 2014
Assunto: Literatura Estrangeira – Suspense Psicológico
Idioma: Português

Link: Skoob | Comprar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

  • Inês Gabriela A.

    Eu não conhecia esse livro, mas confesso que não despertou muito minha curiosidade por não fazer meu estilo de leitura.
    Mas é tenso quando classificam o livro como um gênero quando ele na verdade não é, talvez eu esteja até julgando a obra por ser suspense sem nem saber. HAhahah. Adorei a resenha e a foto ficou linda ^.^
    http://memorias-de-leitura.blogspot.com

    • Isaxi

      Eu gostei muito do livro, mas ele realmente não é para todo mundo. A trama é legal, bem desenvolvida, mas não deixa aquele frio na barriga que os livros de suspense deixam, porém, me deixou na curiosidade do começo ao fim. rsss

      Obrigada pela visita Gabi.

  • Carol

    Não é todo mundo que consegue ler livros que tratam do psicológico. Eu pessoalmente adoro, apesar de serem aqueles que demoro séculos para terminar. ahauhauha
    Então amiga, eu acabei conhecendo bastante da história por conta da sua leitura. Cada coisa que você colocava na nossa conversa, eu me envolvia intimamente. Talvez a gente tenha conseguido chegar no finalmente da ideia desse livro por tudo o que passamos, e talvez por isso algumas pessoas não gostarão dele.
    Eu já gosto de tanto que ouvir falar. ahuahauhau

    bjus!
    Terradecarol.blogspot.com

    • Isaxi

      Pois é. Não tinha como ler e não lembrar das coisas que já aconteceram comigo. Tu é minha companheira de leituras e mesmo sem estarmos lendo o mesmo livro, é bom bater um papo sobre ele e contar o que estamos achando da leitura uma pra outra. hauhauhauhauh
      Beijo

  • Gislaine Belchior

    Oiee Thaisa tudo bem?? 😀

    Nunca tinha ouvido falar desse livro mas gosto qnd o enredo me faz pensar e refletir junto com os personagens. Deve ser bem interessante e diferente! Sua resenha ficou mt boa, gostei bastante ^^

    Estou seguindo aqui ok??

    Bjinhos

    closettgarden.blogspot.com.br

    • Isaxi

      Obrigada Gislaine e seja muito bem vinda!
      Gostei bastante desse livro e acabei me envolvendo com os personagens. Acho que você irá gostar dele. 🙂
      Beijokas

%d blogueiros gostam disto: