Resenha – Diablo III: A Ordem

diablo_a_ordem_III_interno Ficha Técnica

  • Livro: Diablo III: A Ordem
  • Autor: Nate Kenyon
  • Editora: Galera Record
  • Altura: 23 cm
  • Largura: 16 cm
  • Edição: 1ª/2012
  • Páginas: 350
  • Onde comprarSaraivaSubmarino e FNAC

Sinopse

Deckard Cain é o último dos Horadrim. Último sobrevivente da misteriosa e lendária ordem. Invocado pelo arcanjo Tyrael, a ele é confiada a sagrada missão de caçar e aniquilar os três Males Supremos — Diablo, o Senhor do Medo; Mefisto, o Senhor do Ódio; e Baal, o Senhor da Destruição. Mas isso aconteceu muitos anos antes. Com o passar das décadas, o poder dos Horadrim diminuiu e eles caíram na obscuridade. Toda sua história, artefatos, táticas e sabedoria estão nas mãos de um único homem. Um homem preocupado… Sussurros malignos assomam no horizonte. Contos de um antigo mal enchem o ar. Rumores de uma invasão demoníaca anunciam um conflito que promete rasgar a terra. Em meio à crescente ameaça, Deckard descobre algo surpreendente. Uma informação que pode salvar — ou arruinar para sempre — o mundo mortal: ele não é o único Horadrim. Existem mais. Agora ele precisa encontrar seus irmãos e entender por que eles se escondem. Enquanto busca os integrantes perdidos de sua ordem, Deckard acaba forjando uma aliança improvável. Léa, uma menina de apenas 8 anos, temida por carregar uma maldição diabólica, pode ser a única esperança para impedir o caos. Mas qual é o seu segredo? Como está relacionado à Profecia do Fim dos Dias? E se existem mesmo outros Horadrim, serão capazes de se unir e lutar contra a aniquilação e o esquecimento? Essas são as questões que norteiam a busca de Deckard. Perguntas que precisa responder… antes que seja tarde demais.

Resenha

Lançado em 2012, Diablo III: A Ordem, foi o primeiro livro da franquia Blizzard distribuído pelo Selo Galera que eu li. Como sou fã dos jogos da empresa, lembro que fiquei muito empolgada com a notícia de que os livros da franquia seriam traduzidos e comercializados aqui no Brasil.

Diablo é um jogo clássico e infelizmente eu não joguei o 1 e o 2. Vim conhecer o jogo com Diablo 3 e é claro, me apaixonei. Não sei o que acontece, mas ficar clicando loucamente para matar hordas de demônios é algo viciante. Todo o cenário e a história por trás do jogo é envolvente e isso foi um diferencial para querer ler o livro. Me aprofundar mais na história deu mais emoção no jogo. Então você pensa o seguinte: “ah, esse livro só é interessante para quem joga, não vou querer ler.” Ledo engano!

Nate Kenyon conseguiu expandir o universo do jogo com personagens marcantes e profundos de uma forma que envolve tanto quem joga como quem nunca ouviu falar no jogo. O romance narra  a jornada de Deckard Cain, último sobrevivente de uma misteriosa e lendária ordem, Horadrim, na busca pelos outros membros perdidos, para salvar o mundo de Santuário das forças demoníacas do Inferno Ardente, anos antes dos acontecimentos do jogo.

Cain, quando jovem, negava-se a aceitar seu fardo e era um garoto rebelde. No decorrer de sua jornada acompanhamos os sofrimentos, arrependimentos e remorsos do velho horadrim, que agora luta contra o tempo para livrar Santuário das ameaças dos demônios do Inferno Ardente. Sua busca por outros membros da ordem já inicia com contagem regressiva, visto que suas respostas podem significar o fim do mundo .

deckard2Para aqueles que começaram a jogar Diablo a partir do 3, o velho Deckard Cain é um homem sem muita profundidade que vive atormentado por pesadelos e envolto em seus pergaminhos. No livro, podemos conhecer mais a fundo esse homem que descobrimos ser um herói. Uma leitura envolvente, que prende o leitor. Eu, pelo menos “devorei” o livro!

Dividido em 3 partes, a estrutura do livro foi muito bem construída, servindo como um guia para o leitor ir conhecendo mais a fundo cada um dos personagens. Conforme a leitura vai avançando, somos apresentados a outros personagens tão épicos quanto Deckard: Léa e o monge Mikulov. Na época em que se passa a história do livro, Léa é uma menina de 8 anos, muito perturbada e com poderes ocultos que atraem a atenção dos demônios do Inferno Ardente, podendo ser a chave para a salvação da humanidade.  É bem interessante ver o desenvolvimento inusitado dessa aliança entre os três personagens.

Agindo de todas as maneiras para impedir que a jornada de Cain seja um sucesso, temos O Sombrio e Belial, o senhor das mentiras. O Sombrio é liderado por Belial e esses dois são capazes de cometer muitas atrocidades e maldades para conseguir o que querem.  A riqueza de detalhes na narrativa de todo o livro é perfeita. Conseguimos nos imaginar como expectador em todas as cenas descritas. Me peguei em diversos momentos com um frio na barriga, com medo de “ser vista” por algum daqueles demônios de tão real que parecia a cena.

Os personagens vão se desenvolvendo e em muitos momentos você fica angustiado por não poder intervir. Não só as criaturas horrendas são responsáveis pelo drama da história, mas você consegue se envolver com todas as sensações descritas dos personagens e acaba querendo ajudar de alguma forma sem saber o que fazer. Com certeza você vai perder o fôlego em diversos momentos de sua leitura.

O livro se encerra 10 anos antes dos acontecimentos de Diablo III e se você não tem o jogo ainda, não se preocupe que o livro não tem nenhum spoiler. Ele é um complemento para você que deseja jogar.  O livro tem uma excelente narrativa, vai te envolver com a história e te deixar com uma imensa vontade de jogar para sair matando todos os demônios que aparecerem em seu caminho.

A leitura vale muito a pena, mesmo que você não conheça nada do game Diablo. Preciso falar que amei o livro? Não, né?

[important]Minha Nota: 10[/important]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comments

%d blogueiros gostam disto: